Tag Archives: programa

Design.DProd1. Programa da Disciplina e Cronograma

6 out

Design. Design de Produto 1

Ementa

CURRÍCULO 2007

Prática projetual para desenvolvimento de produto na categoria ‘objeto de uso pessoal’. Aplicação de métodos e ferramentas de projeto. Pesquisa em design: fase investigativa e analítica. Projeto conceitual. Concepção de produto. Registro de projeto.

Justificativa
Por possuir como objetivo principal o desenvolvimento de projetos de produtos da fase exploratória às etapas de representação gráfica e tridimensional, mediante a aplicação de uma base teórica e de um planejamento metodológico, essa disciplina é de extrema relevância. Isso se constitui essencialmente por tentar simular uma situação projetual de mercado, que faz com que os acadêmicos já comecem a conviver com um cotidiano de sua atividade, incentivando-os a pesquisa, a exploração do universo do usuário e a geração de soluções para os problemas detectados.

Objetivo Geral
Experimentar a dinâmica prática e profissional de projetos de produtos ao aplicar teoria e metodologia na simulação de um processo de desenvolvimento de um produto industrial.

Unidades Programáticas

Unidade 1 Carga Horária: 9hs

UNIDADE 1: Observação e Análise

Objetivos específicos
Experimentar as seguintes etapas de projeto: definição do problema, pesquisa, definição de objetivos e
restrições.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem
Aulas expositivas, oficinas e discussão em sala.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Entrega de relatório e apresentação da etapa de observação e análise.
Critérios de avaliação:
– consistência e profundidade das argumentação da definição do problema, pesquisa, definição de
objetivos e restrições
– acabamento da apresentação e relatório impresso

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária)
Pesquisa e redação do relatório da etapa de Observação e Análise. (1hs)

_______________________________________

Unidade 2 Carga Horária: 12hs

UNIDADE 2: Planejamento e Projeto

Objetivos específicos
Experimentar as seguintes etapas de projeto: geração de alternativas de projeto, escolha de alternativas
de projeto, aprimoramento, detalhamento e registro da propriedade industrial.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem
Aulas expositivas, oficinas de criatividade e orientação em sala.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Relatório e apresentação da etapa de planejamento e projeto.
Critérios de avaliação:
– consistência e profundidade das argumentação da geração de alternativas de projeto, escolha de alternativas de projeto, aprimoramento e detalhamento;
– acabamento da apresentação e relatório impresso.

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária)
Geração de alternativas, detalhamento técnico e redação do relatório da etapa de Planejamento e
Projeto. (1hs)

_______________________________________

Unidade 3 Carga Horária:9hs

UNIDADE 3: Construção e Execução

Objetivos específicos
Experimentar as seguintes etapas de projeto: construção de modelo ou protótipo.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem
Aulas práticas na Oficina de Modelos e Protótipos.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Apresentação do modelo ou protótipo.
Critérios de avaliação:
– atenção às normas de segurança e higiene da oficina;
– eficiência nos processos de construção do modelo ou protótipo;
– qualidade da construção do modelo ou protótipo;
– acabamento do modelo ou protótipo.

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária)
Construção de modelos ou protótipos. (1hs)

_______________________________________

Avaliação
A avaliação do desempenho será obtida pela média simples das notas das unidades programáticas da disciplina.
obs: todos os trabalhos dos alunos serão avaliados, numa escala de 0(zero) a 10(dez), conforme o art. 88, § 2º do Regimento Geral da Unisul, cuja nota será resultante da aplicação dos seguintes conceitos e pesos:
– o aluno deverá ter média semestral superior a 7.0 (sete) pontos, com freqüência de no mínimo 75% das aulas
programadas;
– o aluno que não atingir a média (7.0) nas avaliações ficará em exame final a ser realizado conforme calendário
acadêmico;
– o aluno que faltar na data de avaliação deverá providenciar junto ao SAIAC o requerimento de realização de avaliação de segunda chamada;
– o aluno que entregar e/ou apresentar as unidades programadas fora da data, sem requerimento providenciado junto ao SAIAC, terá sua nota reduzida pela metade.

Referências Básicas
BAUDRILLARD. Sistemas dos objetos. Coleção Debates. Ed. Perspectiva, 1997.BAXTER, Mike. Projeto de Produto: guia prático para o desenvolvimento de novos produtos. 1ª Ed. Trad Itiro Iida. São Paulo: Ed. Ed. Edgard Blucher, 1998.
Burdek, Bernhard E. Design – História, Teoria e Prática do Design de Produtos. São Paulo: Edgard Blucher, 2006.
Iida, Itiro. Ergonomia: projeto e produção. São Paulo: Edgard Blucher, 2006.
KELLEY, Tom; LITTMAN, Jonathan. A Arte da Inovação – Lições de criatividade da IDEO, a maior empresa
norte-americana de design. ed. Futura, 2001.
LOBACH, Bernd. Design Industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. Rio de Janeiro: Edgard Blucher, 2000.
UNGAR, Joseph. Rendering in mixed media. Whitney Library of Design, 1985.

Referências Complementares
KAHNEY, Leander. A Cabeça de Steve Jobs. Editora Agir: 2008.

Cronograma

  1. 6/10/10 Apresentação da Disciplina. Definição das duplas e definição do projeto. Apresentação da metodologia de projeto. Apresentação de Produtos de referência para o projeto.
  2. 13/10/10 Entrega Pesquisa (UNIDADE 1). Técnicas de criatividade para geração de alternativas.
  3. 20/10/10 Geração de alternativas.
  4. 27/10/10 Geração de alternativas.
  5. 03/11/10 Normas para detalhamento e desenho técnico para fabricação.
  6. 10/11/10 Entrega de Alternativa Detalhada (UNIDADE 2). Construção de modelo.
  7. 17/11/10 Construção de protótipo.
  8. 24/11/10 Construção de protótipo.
  9. 01/11/10 Construção de protótipo.
  10. 08/12/10 Entrega de Modelo e Protótipo (UNIDADE 3). Normas para detalhamento e desenho técnico para fabricação.

Design.DProd2. Programa da Disciplina e Cronograma

7 ago

Design. Design de Produto 2

Ementa

CURRÍCULO 2007

Prática projetual para desenvolvimento de uma coleção ou família de produtos e suas relações entre a embalagem e o planejamento visual para material promocional. Aplicação de métodos e ferramentas de projeto. Pesquisa em design: fase investigativa e analítica. Projeto conceitual. Concepção de produto. Registro de projeto.

Justificativa
Por possuir como objetivo principal o desenvolvimento de projetos de produtos da fase exploratória às etapas de representação gráfica e tridimensional, mediante a aplicação de uma base teórica e de um planejamento metodológico, essa disciplina é de extrema relevância. Isso se constitui essencialmente por tentar simular uma situação projetual de mercado que faz com que os acadêmicos já comecem a conviver com o cotidiano de sua atividade, incentivando-os a pesquisa, a exploração do universo do usuário e a geração de soluções para os problemas detectados.

Objetivo Geral
Experimentar a dinâmica prática e profissional de projetos de produtos ao aplicar teoria e metodologia na simulação de um processo de desenvolvimento de forma integrada, considerando uma família de produtos, sua embalagem e material promocional.

Unidades Programáticas

Unidade 1 Carga Horária: 18hs

UNIDADE 1: Observação e Análise
Apresentação da metodologia de projeto.
Apresentação das etapas integrantes da metodologia.
Apresentação de ferramentas utilizadas nas etapas.
Apresentação e discussão do vídeo: “Objetctified”.
Leitura e discussão de artigo científico.

Objetivos específicos
Experimentar as seguintes etapas de projeto: definição do problema, pesquisa, definição de objetivos erestrições.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem
Aulas expositivas, apresentação de vídeo, leitura de artigo e discussão em sala.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Entrega de relatório e apresentação da etapa de observação e análise.
Critérios de avaliação:
– consistência e profundidade das argumentação da definição do problema, pesquisa, definição de
objetivos e restrições
– acabamento da apresentação e relatório impresso

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária)
Leitura e resenha do artigo “O Bom e o Bonito em Design” de Itiro lida e Poema Muhlenberg. (3hs)

_______________________________________

Unidade 2 Carga Horária: 18hs

UNIDADE 2: Planejamento e Projeto
Vídeo da palestra “Escolas matam a criatividade?” de Ken Robinson no TED.
Técnicas de criatividade para geração de alternativas.
Métodos de escolha de alternativas.

Objetivos específicos
Experimentar as seguintes etapas de projeto: geração e escolha de alternativas de projeto.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem
Aulas expositivas, apresentação de vídeo, oficinas de criatividade e atividades práticas em sala.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Relatório e apresentação da etapa de planejamento e projeto.
Critérios de avaliação:
– consistência e profundidade das argumentação da geração de alternativas de projeto, escolha de
alternativas de projeto, aprimoramento e detalhamento;
– acabamento da apresentação e relatório impresso.

_______________________________________

Unidade 3 Carga Horária:6hs

UNIDADE 3: Detalhamento Técnico
Normas para detalhamento e desenho técnico para fabricação.
Apresentação de procedimentos para registro da propriedade industrial, com ênfase no desenho industrial.

Objetivos específicos
Experimentar as seguintes etapas de projeto: detalhamento e registro da propriedade industrial.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem
Exercícios e orientações em sala de aula e visita ao website do INPI no laboratório de informática.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Relatório da etapa de detalhamento técnico.
Critérios de avaliação:
– qualidade dos desenhos técnicos;
– coerência do detalhamento;
– acabamento do relatório impresso.

_______________________________________

Unidade 4 Carga Horária:18hs

UNIDADE 4: Construção de modelos e protótipos
Técnicas e práticas de construção do modelo de volume e de representação e de protótipos.
Explicação do Memorial descritivo de projeto.

Objetivos específicos
Experimentar a construção de modelos e/ou protótipos; e a montagem de um memorial descritivo de projeto.

Instrumentos e Critérios de Avaliação
Aulas expositivas em sala e aulas práticas na Oficina de Modelos e Protótipos.
Apresentação do modelo ou protótipo e entrega do memorial descritivo.
Critérios de avaliação:
– atenção às normas de segurança e higiene da oficina;
– eficiência nos processos de construção do modelo ou protótipo;
– qualidade da construção do modelo ou protótipo;
– acabamento do modelo ou protótipo;
– acabamento do memorial descritivo de projeto.

Avaliação
A avaliação do desempenho será obtida pela média simples das notas das unidades programáticas da disciplina.
obs: todos os trabalhos dos alunos serão avaliados, numa escala de 0(zero) a 10(dez), conforme o art. 88, § 2º do Regimento Geral da Unisul, cuja nota será resultante da aplicação dos seguintes conceitos e pesos:
– o aluno deverá ter média semestral superior a 7.0 (sete) pontos, com freqüência de no mínimo 75% das aulas
programadas;
– o aluno que não atingir a média (7.0) nas avaliações ficará em exame final a ser realizado conforme calendário
acadêmico;
– o aluno que faltar na data de avaliação deverá providenciar junto ao SAIAC o requerimento de realização de avaliação de segunda chamada;
– o aluno que entregar e/ou apresentar as unidades programadas fora da data, sem requerimento providenciado junto ao SAIAC, terá sua nota reduzida pela metade.

Referências Básicas
Baxter, Mike. Projeto de Produto: guia prático para o desenvolvimento de novos produtos. 1ª ed. Trad. Itiro Iida. São Paulo: Ed. Edgard Blücher, 1998.
BÜRDEK, Bernhard E. Design – História, Teoria e Prática do Design de Produtos. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.
IIDA, Itiro. Ergonomia: projeto e produção. São Paulo: Edgard Blucher, 2006.
KELLEY, Tom; LITTMAN, Jonathan. A Arte da Inovação – Lições de Criatividade da IDEO, a Maior Empresa Norte-Americana de Design. ed. Futura, 2001.
LOBACH, Bernd. Design Industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. Rio de Janeiro. Edgard Blucher. 2000.
Munari, Bruno. Das coisas nascem as coisas. Martins Fontes, 1998.

Referências Complementares
IIDA, Itiro, MUHLENBERG, Poema. O Bom e o Bonito em Design. Publicado no 7o Congresso brasileiro de Pesquisa e
Desenvolvimento em Design. Paraná, 2008.

Cronograma

  1. 07-ago-10 Apresentação da Disciplina e Apresentação e discussão do vídeo: “Objetctified”.
  2. 14-ago-10 Definição das duplas e definição do projeto. Apresentação da metodologia de projeto. Problematização, Análise (Lista de Verificação, Análises Diacrônica, Sincrônica, Estrutural, Funcional,Morfológica, Análise do produto com relação ao Uso) e Definição do Problema (Lista de Requisitos, Estruturação do Problema, Hierarquização de Requisitos).
  3. 21-ago-10 Leitura e discussão de artigo científico. Apresetanção de Produtos com referências estéticas.
  4. 28-ago-10 Orientação sobre Pesquisa.
  5. 04-set-10 Entrega Pesquisa (UNIDADE 1). Técnicas de criatividade para geração de alternativas.
  6. 11-set-10 Técnicas de criatividade para geração de alternativas.
  7. 18-set-10 Geração de alternativas.
  8. 25-set-10 Geração de alternativas. Métodos de escolha de alternativas.
  9. 02-out-10 Escolha da alternativa.
  10. 09-out-10 Entrega Alternativa Final (UNIDADE 2). Normas para detalhamento e desenho técnico para fabricação.
  11. 16-out-10 Detalhamento e desenho técnico para fabricação.
  12. 23-out-10 Apresentação de procedimentos para registro da propriedade industrial, com ênfase no desenho industrial.
  13. 30-out-10 Entrega Detalhamento (UNIDADE 3). Explicação do Memorial descritivo de projeto. Técnicas e práticas de construção do modelo de volume e de representação e de protótipos.
  14. 06-nov-10 Técnicas e práticas de construção do modelo de volume e de representação e de protótipos.

Prod.PP. Programa da Disciplina e Cronograma

2 ago

Engenharia de Produção. Projeto do Produto

Ementa

Os Ciclos de vida dos produtos. Fases do desenvolvimento do produto: projeto informacional, conceitual, preliminar e detalhado. Ferramentas de apoio o desenvolvimento de produto: QFD, TRIZ, matrizes de tomada de decisão entre outras. Projeto orientado (DF-X): fabricação (DFM), montagem (DFA), reciclagem (DFR). Aplicações práticas.

Justificativa

No mundo globalizado e de competitividade acirrada a sobrevivência das empresas está intimamente ligada a capacidade destas, e conseqüentemente do indivíduo como ser criador/inovador, de desenvolver produtos competitivos e inovadores.  Esta disciplina se justifica por capacitar o aluno nas metodologias de desenvolvimento de produto, as quais podem ser aplicadas as mais diversas áreas da engenharia e do conhecimento humano.

Objetivos

Capacitar o aluno nas metodologias de projeto de produto, para que possam adquirir competência em ferramentas e métodos para criação, desenvolvimento e melhoria de produtos, conscientização do papel de múltiplas funções nas diferentes etapas de projeto, capacidade de coordenar tarefas interdisciplinares no processo de desenvolvimento de produtos.

Unidades Programáticas

Unidade: 1  Carga Horária: 18hs

Conteúdo:
Definição de produto, Design e Engenharia, Funções de produtos, Ciclo de vida de produtos, Invenção e inovação no desenvolvimento de produtos, Estratégias para desenvolvimento de produto, Abordagens de Metodologias de Desenvolvimento e Projeto de Produtos. Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos: Pré-Desenvolvimento (Planejamento Estratégico de Produtos e Planejamento do Projeto) e suas Ferramentas de Apoio.

Objetivos específicos:
Conhecer o ambiente e as metodologias de projeto de produtos, bem como suas etapas iniciais e ferramentas de apoio do Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem:
Aulas teórico-expositivas em sala com utilização de data-show;
Apresentação de vídeo;
Leitura de artigo;
Discussões em grupo.

Instrumentos e Critérios de Avaliação:
Avaliação individual em sala de aula,
Resenha do artigo.

Critérios de Avaliação:
– consistência e profundidade da argumentação na avaliação;
– profundidade da resenha na compreensão do artigo.

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária):
Leitura de artigo científico (3hs).

_______________________________________

Unidade: 2 Carga Horária: 24hs

Conteúdo:
Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos: Desenvolvimento (Projeto Informacional, Projeto Conceitual, Projeto Preliminar, Projeto Detalhado) e Pós-Desenvolvimento (Acompanhamento do Produto e Processo e Descontinuação do Produto no Mercado) e suas ferramentas de apoio.

Objetivos específicos:
Conhecer as etapas e ferramentas de apoio das etapas de ação e finais do Modelo do Processo de Desenvolvimento de Produtos.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem:
Aulas teórico-expositivas em sala com utilização de data-show;
Leitura de artigo;
Discussões em grupo.

Instrumentos e Critérios de Avaliação:
Avaliação individual em sala de aula,
Resenha do artigo.

Critérios de Avaliação:
– consistência e profundidade da argumentação na avaliação;
– profundidade da resenha na compreensão do artigo.

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária):
Leitura de artigo científico (3hs).

_______________________________________

Unidade: 3 Carga Horária: 18hs

Conteúdo:
Propriedade Industrial e Intelectual: Registro de Marcas e Patentes (Registro e concessão de marcas, patentes, desenho industrial) e apresentação dos trabalhos de projeto de produto.

Objetivos específicos:
Conhecer os procedimentos para proteção de propriedade industrial e intelectual e apresentar e discutir os resultados dos trabalhos.

Estratégias de Ensino e de Aprendizagem:
Aulas teórico-expositivas em sala com utilização de data-show;
Discussões em grupo;
Trabalho em equipe.

Instrumentos e Critérios de Avaliação:
Trabalho em equipe em sala.

Critérios de Avaliação:
– consistência, profundidade e criatividade no trabalho e acabamento da apresentação e do relatório impresso.

Atividades Orientadas/Supervisionadas (c/ Carga Horária):

Cronograma

  1. 02-ago-10 Apresentação da Disciplina e Vídeo
  2. 09-ago-10 Gestão do Processo de Desenvolvimento de Produtos
  3. 16-ago-10 Modelo Unificado do Processo de Desenvolvimento de Produtos
  4. 23-ago-10 Atividades Genéricas do Modelo
  5. 30-ago-10 Planejamento Estratégico de Produtos
  6. 06-set-10 Recesso – Feriado
  7. 13-set-10 Planejamento do Projeto
  8. 20-set-10 Avaliação 1
  9. 27-set-10 Projeto Informacional
  10. 04-out-10 Projeto Conceitual
  11. 11-out-10 Feriado
  12. 18-out-10 Projeto Detalhado e Preparação da Produção do Produto
  13. 25-out-10 Lançamento do Produto e Acompanhar Produto e Processo e Descontinuar o Produto
  14. 01-nov-10 Processos de Apoio e Melhoria Incremental
  15. 08-nov-10 Avaliação 2
  16. 15-nov-10 Feriado
  17. 22-nov-10 Proteção da Propriedade Intelectual
  18. 29-nov-10 Apresentação dos Projetos
  19. 06-dez-10 Avaliação Final

Avaliação

Será considerada a média simples das duas avaliações e do trabalho com notas de 0 (zero) à 10 – peso 1.

obs: todos os trabalhos dos alunos serão avaliados, numa escala de 0(zero) a 10(dez), conforme o art. 88, § 2º do Regimento Geral da Unisul, cuja nota será resultante da aplicação dos seguintes conceitos e pesos:

– o aluno deverá ter média semestral superior a 7.0 (sete) pontos, com freqüência de no mínimo  75% das aulas programadas;

– o aluno que não atingir a média (7.0) nas avaliações ficará em exame final a ser realizado conforme calendário acadêmico;

– o aluno que faltar na data de avaliação deverá providenciar junto ao SAIAC o requerimento de realização de avaliação de segunda chamada;

– o aluno que entregar e/ou apresentar as unidades programadas fora da data, sem requerimento providenciado junto ao SAIAC, terá sua nota reduzida pela metade.

Referências

BACK, N. Metodologia de projeto de produtos industriais. Rio de Janeiro: Guanabara Dois, 1983.

BAXTER, M., Projeto de produto. São Paulo: Edgar Blücher, 1998.

PORTER, M.E. Vantagem Competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

CASAROTTO FILHO, N., et al. Gerência de Projetos. Florianópolis: Decisoft, 1998.

MEYER, G. C., Caderno de design: manual para projeto de produto em design. Indaial: Asselvi, 2006.

Referências Complementares

ARAUJO, Camila de [et al] Diagnóstico da gestão do processo de desenvolvimento de produtos: um estudo de caso no setor de equipamentes e próteses médicas. Revista Gestão Industrial.  v. 03, n. 02, 2007.

CUNHA, G. D. . Uma Análise da Evolução dos Procedimentos de Execução do Desenvolvimento de Produtos. Revista Produto & Produção, Porto Alegre, v. 7,n. 1, 2004.

FEDERMAN, Sonia R. Patentes: desvendando seus mistérios. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2006.LINDSTROM, Martin. A lógica do consumo: verdades e mentiras sobre por que compramos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

LOBACH, Bernd. Design Industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Editora Bluncher, 2001

Portal de compartilhamento de conhecimentos sobre Gestão do Desenvolvimento de Produtos (GDP) Disponível em: <http://www.pdp.org.br/ >

PETROSKI, Henry. A evolução das coisas úteis: clipes, garfos, latas, zíperes e outros objetos de nosso cotidiano. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed.,2007.

ROZENFELD, H et al. Gestão de Desenvolvimento de produtos: uma referência para a melhoria do processo. São Paulo: Saraiva, 2006.